Terminal Olímpico

A Barra da Tijuca vai ganhar mais um “bosque”. Trata-se do Terminal Olímpico, que está sendo construído em frente ao Parque Olímpico e vai receber os ônibus e os passageiros dos BRTs Transolímpica, Transcarioca e Transoeste.

Os pilares de metal que sustentam a cobertura do terminal lembram copas de árvores. Essa cobertura vai dar sombra às plataformas de embarque e desembarque, um espaço de cinco mil metros quadrados.

A obra termina antes dos Jogos. Durante a Rio-2016, umas 35 mil pessoas devem passar por ali por dia.

Rio supera São Paulo e investe R$ 5,2 bi

A Prefeitura do Rio de Janeiro desbancou São Paulo e foi a capital que mais investiu em 2015. Fez obras, principalmente para a Olimpíada, no valor de R$ 5,2 bilhões, com alta de 50% em relação a 2014, enquanto a capital paulista gastou R$ 3,1 bilhões. O levantamento considera os relatórios fiscais de 16 capitais.

A crise econômica e o ajuste fiscal da União atingiram em cheio os investimentos municipais no ano passado, que cresceram apenas 1,1% em termos nominais. Excluindo o Rio da amostra, houve queda nominal de 22,2%.

Os números mostram, diz Amir Khair, especialista em contas públicas e ex-secretário de Finanças de São Paulo, os efeitos da retração econômica na arrecadação da União e dos governos regionais. “Cada ponto de queda no PIB correspondente a dois ou três pontos percentuais de recuo da arrecadação. “O imposto é a primeira coisa que deixa de ser paga em momentos de crise”.

Fonte: Valor Econômico